»

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Soneto Do Amor Total.

Amo-te tanto, meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

Composição: Vinicius de Moraes

2 Pensαmentos ♥:

~*Rebeca e Jota Cê*~

O amor é tão grande na sua existência que extravasa dentro de nós.

Jéssica, você é uma querida, menina linda.

Beijo imenso.

Rebeca

-

Jéah Araújo ♪

Oi amiga, eu quero te dar um selo, mas não sei como! Eu ja tenho, mas não sei pra onde mando! Me ajuda, vai la no meu blog e diz onde eu ponho, se é como html ou link direto pro meu blog?